Quantos anos tem o meu filho?

Estou na luta contra a balança!

Emoções


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Resgatando o verdadeiro Eu


RESGATANDO O VERDADEIRO EU

Ao longo da vida vamos construindo a nossa identidade a partir da nossa história familiar, dos nossos relacionamentos sociais e dos valores que nos são impostos pela sociedade como um todo. E, na maioria das vezes, ocorre um enorme distanciamento entre o que desejamos e o que o mundo espera de nós.
Para muitas pessoas, não corresponder à expectativa do mundo simboliza um atestado de fracasso, de que falharam, não conseguiram seguir o modelo por este definido como o de um ser vencedor.
Para estas pessoas, aliás, tomar consciência dos próprios desejos é algo bastante difícil, visto que não desenvolveram o hábito de se autoquestionar e reflectir acerca dos próprios sentimentos. Seguem pela vida de acordo com o que lhes foi ensinado ser o certo e sentem-se totalmente impotentes para questionar tais valores.
Muitas desconhecem as raízes da própria infelicidade ou se recusam a ver a verdade, pois isto exigiria o reconhecimento de que não possuem a coragem necessária para mudar.
A busca da felicidade inclui, para a maioria de nós, a necessidade de reconstruir o próprio Eu, mudando o que for preciso para que nossa vida se adapte aos nossos mais profundos desejos.
A sintonia entre o que nosso coração deseja e o que vivenciamos, é a chave para alcançarmos a serenidade, a paz e o equilíbrio interior com os quais todos sonhamos.
Este processo é geralmente bastante doloroso, pois requer que nos desfaçamos de nossas velhas couraças para que o novo Eu renasça, embora frágil a princípio, como uma criança que sente insegura ao dar os primeiros passos.
Porém, à medida que nos descobrimos senhores da nossa caminhada, não precisando mais fingir algo que não sentimos ou viver o que já não desejamos, uma nova força se apodera de nós, um poder interior que sequer desconfiávamos possuir.
E este poder ninguém poderá retirar de nós, pois uma vez desperto ele jamais desaparecerá.

********************************************************

Queridos Amigos,
Existe uma voz dentro de mim que diz que estou sempre a fazer coisas erradas o tempo todo!
Eu sei qual é o "certo" a fazer, mas não estou a conseguir fazê-lo.
Por isso, por vezes não sinto alegria e choro, choro muito...
Estou a sentir que estou a destruir-me, a perder-me, que estou a desperdiçar a minha vida.
As cicatrizes que tenho na alma, por causa da minha triste infância e adolescência estão a tentar abrir-se e eu estou numa luta constante para que isso não aconteça. Eu estou a sentir-me muito cansada!
Tenho que matar essa reminiscência do passado de vez!
Tenho que tomar a responsabilidade nas minhas próprias mãos!
É a minha vida e não sei quanto tempo cá estarei!
Portanto, tenho que a desfrutar enquanto estiver viva!
Preciso ausentar-me durante uns tempos para me encontrar comigo mesma e recuperar a minha paz e equilíbrio interior, que há alguns dias que estou prestes a perder... e NÃO QUERO!
Voltarei quando tudo estiver normalizado!
Até lá deixo-vos aqui um enorme OBRIGADA pela vossa amizade e carinho.
Um ENORME abraço apertadinho.
MUITOS beijinhos carinhosos.
Gosto muito de vocês!
Desculpem-me!
Pipinha

8 comentários:

*Lisa_B* disse...

Querida Pipinha,
Compreendo esse sentir, eu não ando mal por causa da infância mas pelo que andam a fazer de errado com a vida do meu filho e ainda sofro mais do que se fosse a mim. Por isso ando abatida mesmo down, vir à net ajuda-me as palavras de força, sentir que há mais pessoas nas mesmas circunstancias e outras que não estando assim sentem a dor.
Se precisares de mim dispõe por vezes falar com alguém desconhecido ajuda muito a ...viver e reconhecer-se a si mesmo.
Msn: clubeautista@hotmail.com

Beijinhos e espero que recuperes depressa, mas conta com as amigas mesmo que nelas não me insira eu...

A época também não ajuda vejo imensas pessoas assim...
Força...

Maripa disse...

Força,querida Pipinha,uma menina como tu,com um coração do tamanho do mundo,sempre pronta a abrir os braços aos outros para lhes dar o seu apoio e ternura, não se vai deixar derrotar. Pensa que é apenas uma fase menos boa e que vais ultrapassá-la,a voltar a sorrir. Chorar também faz bem,lava a alma...mas pensa positivo e logo ,logo verás os dias a mudarem para cores mais alegres.

Sente o meu abraço...vais sentir muitos mais, querida,que te vão ajudar a recuprar a tua paz interior.

Beijo e o meu carinho.

Angel of Light disse...

Maninha do meu coração, força querida.

Este novo trilho que vais fazer, vais abrir o teu coração, vai recuperar a Luz que há em ti. Tenho a certeza. Não é o mergulho que nos afoga, mas sim o facto de permacerermos debaixo de água.

E por favor não peças desculpa. Se há alguém que tenha de pedir desculpa a alguém, és tu a ti própria, por te sentires assim. Perdoa-te. É fundamental!

E nunca te esqueças que tudo isto não passa de uma ilusão. Resgata sim a tua verdadeira essência, o teu verdadeiro "Eu".

Mesmo no recolhimento, sabes onde estou... sempre. Não preciso de dizer mais nada, pois não?

Fica na Paz.

Beijinhos de Amor e Luz no teu lindo coração!

Nilson Barcelli disse...

Reflecte enquanto essa pausa dura. E volta, se te apetecer e tiveres condições, mais forte que nunca.
Sê feliz cara amiga, muito.
Beijo.

Momentos disse...

Especial Amiga Pipinha!
Anjo Lindo...
Miga querida do coração...
Fadinha Sininho...
I L U M I N A DA!!!
TI AMO DO FUNDO DE MEU...
C O R A Ç Ã O!!!!!!!!!
PIPINHA / SININHO!!!!
Tenha o nome...o rosto...
Que tiver!!!!
V O L T A !!! POR FAVOR!
VENHA TECLAR COMIGO!!!
ESTOU AQUÍ!!!!!!!
TE AGUARDANDO!!!!!

TI DOLO MUITO!!!!

Derfel disse...

Querida Pipinha

E começando do fim...

Não te desculpo.

Não te desculpo por seres uma Amiga, nem te desculpo por teres sempre os braços abertos para os outros, não te desculpo por nos fazeres sorrir, nem te desculpo por dares tantos abraços e miminhos...
Não te desculpo por partilhares connosco Sentimentos!
Sentimentos puros e nus, numa infinita dádiva de alma.
Não te desculpo por estares sempre pronta para ajudar e animar, nem por nos aqueceres com esse suave mas intenso calor doce que derramas desse teu enorme coração de Anjo...

Não te desculpo, apenas porque nada há a desculpar...

Vai, chora o que precisares, e lava com essas lágrimas as mágoas que te magoam... e não te preocupes, porque depois terás tempo e vontade de te rires, de saltares, e de voltares.

Vai, sabendo que pessoas que te apoiam e que gostam de ti, tal como és, alegre ou triste, estão sempre por perto, sempre que precises. Vai, sabendo que, assim que o sentires, voltas e que te esperam de fraternos braços abertos.

Já antes te havia dito, mas volto a dizer-te, que és uma Linda Alma de Luz, e que tenho a certeza de que irás, com sucesso, resgatar a tua Paz e o teu Equilíbrio.

Tens todo o tempo do Mundo... e toda a LUZ do Universo dentro de ti.

Jinhos de Paz e LUZ

Sempre ao teu dispor, para rir ou chorar...
CD

Pena disse...

Linda Amiga:
Respeito o seu silêncio.
Há alturas na vida que necessitamos dele.
Volte em força com aquela doçura, encanto, pureza e ternura que a caracteriza e já nos habituou.
Esperamos o que for necessário. O melhor para si para os seus.
Um "recolhimento" que deve aproveitar ao máximo.
Sempre a Tê-la na maior amizade, respeito, ternura e consideração.
Beijinhos amigos de respeito pela sua imensa significação doce...Um Ser Humano fabuloso...
Silenciado pela maravilhosa pessoa que é.

pena

Estou mesmo aqui ao lado.
Força, amiguinha de sonho.
Estou e estarei sempre consigo.
Bem-Haja enorme.

Sereia* disse...

Vai lá e encontra-te!
Estás aí mesmo! Dentro de ti, no fundo, o lugar mais longe.

:)

Força, Amiga
E sabes que podes sempre contar comigo.

Whenever you need a friend
I'll be there!

Sabes onde estou e sabes que estou disponível... Por isso...

Beijoooosss*