Quantos anos tem o meu filho?

Estou na luta contra a balança!

Emoções


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

terça-feira, 29 de abril de 2008

Aprendendo nas quedas

Meus queridos amigos,

A vida tem uns dias bons e outros menos bons, às vezes é confusa e nem sempre corre como nós gostaríamos...
Mas ainda assim vale a pena cair, levantar, aprender, chorar, rir, enfim... gozar a vida da melhor maneira possível!
Deixo-vos aqui um texto que me ajudou a reflectir e a aprender que, mesmo quando se cai, temos a oportunidade de levantar e recomeçar as vezes que forem precisas. Basta querermos viver!
A vida é uma constante aprendizagem.
Beijinhos e Abraços.


******************************************************************

APRENDENDO NAS QUEDAS

Porque será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
O mundo não acaba quando nos enganamos, ele muda talvez de direcção.
Mas precisamos tirar partido dos nossos erros.
Que dói, dói. Isso não se pode negar! Dói no orgulho.
O humilhante não é cair, mas ficar no chão enquanto a vida continua
Toda a gente é livre de ver e tirar as suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
Às vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim.
Numa discussão, temos que parar para pensar "e se eu estiver errado?", temos que ver também o lado do outro e se errarmos, admiti-lo e pedir perdão.
Se conseguirmos fazer isto, não seremos injustos com o outro e connosco mesmos e aprenderemos alguma coisa com essa discussão e com essa pessoa.
Vida é partilha!
E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração.
Na vida, se fecharmos a nossa alma e o nosso coração, nada vai entrar. E ficaremos na solidão.
Nada adianta ter sempre razão.
Errar é humano e sentir-se fragilizado também.
Não somos infalíveis, nem super-heróis.
As perdas, as decepções, os erros fazem parte da vida e da aprendizagem.
Recomeçar é a palavra!
Recomeçar a cada queda!
Se alguém te feriu... Cura-te!
Se te derrubaram... Levanta-te!
Se te odeiam... ama!
Levanta a cabeça e olha para a frente!
Cada vez que te atirarem uma pedra, guarda-a e vai construindo um degrau para crescer ineriormente e aprender com mais uma queda!

7 comentários:

kakauzinha disse...

Minha querida Pipinha,

Já passei por tudo, tenho um sem-fim de histórias! Mas chegamos a um ponto em que os caminhos se abrem e as quedas se tornam cada vez mais raras, felizmente!

Costumo dizer que sei o que quero... mas ainda melhor o que não quero.

Beijinhos muito azuis****

Angel of Light disse...

Querida, bem dito texto, bem ditas palavras... fizeram-te bem. E não vou falar mais das quedas. Falo agoro do erguer, com o coração aberto para a vida, cheiiiiiinho de Amor! Força, querida amiga!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

p.s.: Não tarda muito faço greve e não escrevo mais nada aqui, heim? Cadê a presença da senhorita no meio humilde espaço? Ai, ai... e não vale a pena vir pedir perdão... hihihi... Bjhs

Menina disse...

Grande texto para ler e ganhar força!

Embora,às vezes, seja complicado encarar as quedas e ultrapassa-las com facilidade... há sempre que ter muita força e aprender com os erros.

Beijinhos linda*

Pena disse...

Doce Amiga:
Sempre me ensinaram a assumir os meus próprios erros.
A pedir desculpa e aceitar desculpa de alguém.
Penso que quando caimos devemos ter força para nos levantarmos. Erguer a vida que é bela mesmo que exija esforço. É preciosa. Mesmo quando custa.
Penso que é um acto de dignidade e profundeza de carácter.
Nem tudo na vida são facilidades.
Também aprendemos com as dificuldades. Existem. São reais e manifestam-se a cada passo. Há que compreendê-las.Senti-las. Desculpar ou pedir desculpa. Não custa nada. É digno e vive de dignidade.
Até na morte devemos assumir dignidade.
Gostei muito de a ler. Encantou-me.
OBRIGADO pela simpática visita.
Beijinhos amigos de estima e imenso respeito.
Sempre a cvonsiderá-la

pena
Fantástico Post.

Bandys disse...

Querida Pipinha,
Amiga, não permitas que a tristeza te domines; mas, se te sentes dominada, ergue-te de novo.
Ainda que o teu sonho seja desfeito, tens o direito de sonhar de novo. Imagina que em ti ainda resta a grandiosa energia.
Para aquele que sonha, este mundo é sempre um novo mundo.

Amiga, não te permitas cair, mas, se caíres, levanta-te de novo.
Ainda que percas a confiança, ainda que fracasses naquilo que tentas, não te permitas cair totalmente. O sonho é o viveiro da esperança. No imenso viveiro do sonho nascem tenros rebentos de esperanças, e os brotos crescem alimentados pelo sonho.
O sonho é o viveiro da esperança.

Não se esqueça que voce é especial e que aqui tens uma amiga que esta torcendo por você.
Beijo no ♥

karoxinha disse...

olá

sabes... já caí tantas mas tantas vezes... que me pergunto "porque cometo sempre os mesmo erros"... ja fui magoada tantas vezes, mas mesmo assim continuo a acreditar que todos tem bons sentimentos, e q todos merecemn outra opurtunidade... e mesmo assim "caio"... não aprendo... por mais quedas que dê, eu não aprendo... sei que vou continuar a cair... mas tb sei que sempre me irei levantar... é a minha natureza...

bjinhos karinhosos
karoxinha

Anónimo disse...

"Pipinha",
Seria muito injusto da minha parte vir ler os teus textos e não deixar uma palavrinha sobre este.
Fiquei muito sensível a estas palavras porque estão cheias de verdade. Isto faz parte do nosso dia a dia, mas na rotina normal quase sempre passa despercebido.
Lamentávelmente só quando algo de muito forte nos toca é que temos força para andar de pé, ou seja, não deixar que todas as "quedas" nos tirem a vontade de continuarmos a andar para a frente.
Gostei muito.
Bjs
A_Amigo